top of page

O DESABROCHAR DAS MÃOS

Atualizado: 11 de abr. de 2022

Por Crystiane Melo


Ao pensar em escrever, senti que precisaria ter conexão com algo que vivo e já vivi. E imediatamente veio a minha mente : “qual o fio condutor?”

Essa reflexão foi literal, pois através dos fios meu caminho pessoal se fortaleceu.

A vida se apresentou a mim, desde pequena, com desafios. Esses desafios estavam quase sempre relacionados ao que eu via ao meu redor. Como elaborar sem maturidade os fatos observados e ampliar o olhar para além das aparências? O desafio era esse.

Aprender com as situações vividas está além do conhecimento acadêmico.

Requer uma capacidade cognitiva atrelada a habilidades dos sentidos e do sentir. E na vida adulta, essas habilidades são requisitadas fortemente, independente da bagagem pessoal aprendida.

Foi então que me dei conta de que agora eu teria que me educar, me intuir, me encaminhar. Essa busca, intuitivamente, me levou ao aprendizado das arte-manuais.

Desde aulas nas lojas armarinho para técnicas de croché e tricô, como nos encontros com mulheres mais velhas para aprender a confeccionar bonecos de pano e peças em tricô com histórias e causos.

A variedade de fios, cores, técnicas, projetos, encheu minha alma de luz e alegria.



Como era bom me sentir realizando, envolvida, capaz e aprendendo. Todos meus sentidos faziam parte do processo, eu precisava estar atenta para não errar e perder o ponto, precisava ter um projeto para não desestimular na produção, precisava me organizar para ter equilíbrio no dia com todas as outras tarefas e trabalhos da vida pessoal e profissional, precisava aprender a olhar e aceitar a expressão que minhas mãos davam a cada feitura.

Durante anos, independente da frente de trabalho profissional, as arte-manuais permearam e permeiam minha vida, meus projetos, meus encontros. E através das manualidades pude me refazer, me conectar, me autocuidar, me dando a chance de fortalecer minha alma para meu propósito.

Continuo meu caminho com as artes-manuais, ampliando meu foco profissional, minhas relações, minha aprendizagem. Levando a tantas outras pessoas essa possibilidade terapêutica de autoconhecimento para uma qualidade maior de autodesenvolvimento e potência criativa inerente a cada ser humano.


Crystiane Melo


Graduada em Pedagogia

Aprimoramento em Pedagogia Waldorf e Educação Terapêutica (Antroposofia)

Especialização em Psicopedagogia e Arteterapia

Instagram @crystianemelo @ateliersemente

Posts recentes

Ver tudo

1 commento


Raquel Monteiro
Raquel Monteiro
11 mar 2021

Maravilha, aprendi a fazer crochê e tricô criança, amo!!!!

Mi piace
bottom of page